CONSTRUIR PONTES DEPAZTOLERÂNCIADIVERSIDADEINCLUSÃOESPERANÇAUBUNTU

2pm-7pm [UTC/GMT+1]

O QUE VAI ACONTECER?

O aniversário de Nelson Mandela (18 de julho) foi reconhecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 2009, como o Dia Internacional Nelson Mandela.

E-Congresso Mundial Pontes Mandela é uma homenagem da Ubuntu Global Network a Mandela, o humanista, o defensor dos Direitos Humanos, o promotor da reconciliação entre os povos, o construtor de pontes.

Conferência Digital Mundial para comemorar o legado de Mandela.
14:00-19:00 [UTC/GMT+1]
Um gesto simbólico de renomear pontes em todo o mundo como "Ponte Mandela", por um dia.
A Declaração Ubuntu "Uma só família humana" será apresentada e adotada, sendo subscrita por todos os que com ela se identificam. 

PROGRAMA "E-CONGRESSO MUNDIAL PONTES MANDELA" (UTC/GMT+1)

14:00 - Boas-vindas / Sessão de abertura
  • Rui Marques (Presidente e fundador do IPAV e da Academia de Líderes Ubuntu)
  • José Ramos-Horta (Prémio Nobel da Paz e ex-Presidente de Timor-Leste. Co-chair do evento.)
  • John Volmink (Presidente da Ubuntu Global Network. Co-Chair do evento.)
0
Participantes
0
Países
0
Oradores
0
Idiomas

ZOOM

O E-Congresso Mundial Pontes Mandela vai ter lugar na plataforma ZOOM, acessível para os participantes registados no evento.

Haverá tradução simultânea em Inglês, Espanhol, Francês e Português.

Inscreva-se no E-Congresso Mundial Pontes Mandela para que possamos interagir consigo durante o evento.
Faça download da aplicação ZOOM gratuitamente para o seu computador, tablet or smartphone.
No dia 18 de julho, às 14:00 (UTC / GMT + 1), enter the ZOOM platform through the link that will be sent to you and watch the event.
No ZOOM, escolha o modo the "Vista do Orador" para ter uma melhor experiência. Coloque também o seu nome e apelido para que possa estar identificado.

INSCRIÇÃO

ORADORES

(em desenvolvimento)

Presidência do E-Congresso Mundial

John Volmink
John VolminkPresidente da Ubuntu Global Network e co-Chair do Mandela Bridges World E-Summit
África do Sul
John Volmink iniciou sua carreira académica na Universidade de Western Cape e concluiu seu doutoramento em Educação Matemática na Cornell University, Ithaca NY, EUA, em 1988.
É o presidente do MIET África e continua a liderar os conselhos de várias organizações não-governamentais para o desenvolvimento de áreas de educação, saúde e desenvolvimento.
José Ramos Horta
José Ramos HortaEx-Presidente de Timor-Leste e co-Chair do Mandela Bridges World E-Summit; Laureado com o Prémio Nobel da Paz em 1996
Timor-Leste

Incansável embaixador da causa timorense desde 1975, José Ramos Horta recebeu o Prémio Nobel da Paz de 1996 pela defesa dos direitos humanos e autodeterminação do povo de Timor-Leste.
Entre 2001 e 2012 foi Presidente, Primeiro-Ministro e Ministro dos Negócios Estrangeiros de Timor-Leste.
É actualmente Presidente do Movimento para a Democracia Mundial. 

O legado de Mandela e os desafios contemporâneos

Muhammad Yunus
Muhammad Yunus Laureado com o Prémio Nobel da Paz em 2006
Bangladesh
O Prémio Nobel da Paz, Muhammad Yunus, é o pai dos negócios sociais e do microcrédito, o fundador do Grameen Bank e de mais de 50 outras empresas sociais no Bangladesh. Pela sua constante inovação e empreendedorismo, a Revista Fortune nomeou o professor Yunus, em março de 2012, como "um dos maiores empreendedores de nosso tempo".
Em 2006, o professor Yunus e o Grameen Bank receberam o Prémio Nobel da Paz em conjunto. Recebeu mais 61 diplomas honorários de universidades em 24 países e 136 prémios em 33 países, incluindo honras de estado em 10 países.
É uma das sete pessoas que receberam o Nobel da Paz, a Medalha Presidencial da Liberdade dos Estados Unidos e a Medalha de Ouro do Congresso dos Estados Unidos.
Já foi capa das revistas Time , Newsweek e Forbes.
Kailash Satyarthi
Kailash SatyarthiLaureado com o Prémio Nobel da Paz em 2014: "Uma campanha de 100 milhões e justiça para todas as crianças."
Índia

Kailash Satyarthi é o Fundador da Kailash Satyarthi Children's Foundation, que tem por finalidade o fim da violência contra crianças a nível mundial.
Tem sido um incansável defensor dos direitos da criança há mais de três décadas.  Em 2014, foi galardoado conjuntamente com o Prémio Nobel da Paz pela "luta contra a supressão de crianças e jovens e pelo direito de todas as crianças à educação".
Tem estado na vanguarda da condução de agendas relacionadas com crianças para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).
Actualmente, o Sr. Satyarthi lidera a campanha dos 100 Milhões que visa inspirar e mobilizar os jovens a defenderem e a agirem pelos seus próprios direitos e pelos direitos dos seus pares, e a alcançar a maior mobilização mundial de jovens para acabar com a violência contra as crianças, erradicar o trabalho infantil e assegurar a educação.

O legado de Mandela e a Construção de Pontes

Kerry Kennedy
Kerry KennedyRobert F. Kennedy Human Rights - USA
Estados Unidos
Kerry Kennedy é uma escritora americana e ativista dos direitos humanos.
É a sétima filha de Robert F. Kennedy e Ethel Skakel e preside à Robert F. Kennedy Human Rights, uma organização sem fins lucrativos de defesa dos direitos humanos e ao Conselho de Liderança da Amnistia Internacional.
HRH Princess Rym Ali of Jordan
HRH Princess Rym Ali of Jordan
Jordânia

Sua Alteza Real a Princesa Rym Ali da Jordania, jornalista, fundou uma ONG que visa estabelecer um centro árabe de excelência para a educação jornalística. Teve uma extensa carreira em emissoras internacionais como a CNN, BBC e outras. 
Galardoada com diversos prémios e condecorações, foi ainda distinguida pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa com a condecoração da ordem do Infante D. Henrique pelos seus esforços no campo da cultura e do intercâmbio intercultural.

Carlos Moedas
Carlos MoedasEx-comissário da UE; Membro do Conselho da Fundação Calouste Gulbenkian
Portugal
Carlos Moedas é engenheiro civil, economista e político português.
Foi Secretário de Estado Adjunto entre 2011 e 2014.
Foi o comissário português responsável pelo maior programa-quadro de sempre de investigação e inovação da UE, o Horizonte 2020.
Atualmente é Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian.
Ameenah Gurib-Fakim
Ameenah Gurib-FakimEx-presidente das Maurícias
Maurícias

Ameenah Gurib-Fakim é política e cientista de biodiversidade que serviu como 6ª Presidente das Maurícias de 2015 a 2018.
Foi a primeira mulher eleita presidente do país e a terceira mulher a servir como Chefe de Estado após a rainha Elizabeth II e de Monique Ohsan Bellepeau.
Em 2019 foi a oradora principal da conferência da Universidade de Cambridge "África Juntos: Que Caminho a Seguir?".

Mladen Ivanic
Mladen IvanicChairman da Presidência (20016-17; 2014-15); Membro da Presidência (2014-2018)
Bosnia-Herzegovina
Ex-Primeiro Ministro da República de Srpska.

É o Presidente do Partido do Progresso Democrático da Republika Srpska.

Após as eleições gerais na Bósnia e Herzegovina em 2014, foi nomeado membro da Presidência da Bósnia e Herzegovina e da Republika Srpska, tendo servido neste cargo até 2018.
Danilo Turk
Danilo TurkWorld Leadership Alliance- Club de Madrid;
Ex-presidente da Eslovénia
Eslovénia

Danilo Türk é ex-presidente da Eslovénia. Foi eleito por voto popular como o terceiro Presidente da Eslovénia para o período 2007-2012.
Atualmente, ele é presidente da Aliança Mundial de Liderança - Club de Madrid, uma organização de cento e doze ex-presidentes e primeiros-ministros eleitos democraticamente.

Helen Clark
Helen ClarkEx-Primeira Ministra da Nova Zelândia*
Nova Zelândia
Helen Clark é uma política neozelandesa e foi Primeira-Ministra do seu país de 1999 até 2008.
Formada em Política pela Universidade de Auckland, assumiu o poder na Nova Zelândia em 1999 como 37ª pessoa a governar o país, sendo a segunda mulher.
Joyce Banda
Joyce BandaWorld Leadership Alliance- Club de Madrid;
Ex-presidente do Malawi
Malawi

Joyce Banda tornou-se a terceira mulher a comandar um país africano depois de Carmen Pereira, presidente de Guiné-Bissau, e de Ellen Johnson-Sirleaf, presidente da Libéria.

Tarja Halonen
Tarja Halonen Ex-Presidente da Finlândia
Finlândia
Tarja Halonen serviu dois mandatos como Presidente da Finlândia de 2000 a 2012. Durante sua presidência, desempenhou diversos cargos como o de co-chair do Painel de Alto Nível da UN para a sustentabilidade global e presidente do Conselho de Mulheres Líderes Mundiais.
Continua a trabalhar em estreita colaboração com a ONU e é atualmente membro do Conselho Consultivo de Alto Nível sobre Mediação do Secretário-Geral.
Zlatko Lagumdzija
Zlatko Lagumdzija World Leadership Alliance- Club de Madrid;
Ex-Primeiro Ministro da Bósnia e Herzegovina
Bósnia e Herzegovina

Nascido em 1955 em Sarajevo, Bósnia e Herzegovina. Exerceu funções no Governo da Bósnia e Herzegovina como Primeiro-Ministro e Primeiro-Ministro Interino e duas vezes como Ministro dos Negócios Estrangeiros em vários períodos entre 1992 e 2015.
Foi eleito como membro do Parlamento da Bósnia e Herzegovina seis vezes de 1996 a 2010.
É doutorado na área das ciências informáticas e engenharia eléctrica e professor de Gestão e Tecnologia da Informação na Universidade de Sarajevo.

Mandela e Eu

Ismail Serageldin
Ismail SerageldinFundador e Diretor da Biblioteca Alexandrina; co-Chair do NGIC
Egipto
Bibliotecário emeritus, co-presidente do Nizami Ganjavi International Center (NGIC) e membro do Conselho de Administração da Biblioteca de Alexandria.  Presidente e membro de vários comités consultivos de instituições académicas, de investigação, científicas e internacionais. 
Deu amplas conferências em todo o mundo, incluindo a Palestra Mandela (Joanesburgo, 2011).
Piyushi Kotecha
Piyushi Kotecha CEO da Fundação Desmond e Leah Tutu Legacy
África do Sul
Piyushi Kotecha ocupou vários cargos de liderança, desenvolvendo políticas e ligando universidades sul-africanas e africanas.

Desempenhou papéis críticos no sector do ensino superior da África Austral. Foi CEO da Association of Vice Chancellors for Universities in South Africa e fundadora da Association of Regional Universities in Southern Africa.

Também facilitou diálogos de liderança de alto nível, representando o governo em assuntos do ensino superior.
Noeleen Heyzer
Noeleen Heyzer Ex sub-Secretária Geral das Nações Unidas (2007 - 2015)
Singapura
Actualmente membro do Conselho Consultivo de Alto Nível para a Mediação, do Secretário-Geral da ONU. Foi Subsecretária Geral da ONU entre 2007 e 2015 e a primeira mulher Secretária Executiva da Comissão Económica e Social da ONU para a Ásia e o Pacífico.
Foi a Conselheira Especial do SG da ONU para Timor-Leste.
Recebeu numerosos prémios internacionais por liderança.
Jonathan Jansen
Jonathan Jansen Distinto Professor de Educação da Universidade de Stellenbosh
África do Sul

Jonathan Jansen é Professor Distinto de Educação na Universidade de Stellenbosch e presidente da Academia de Ciências da África do Sul.
Autor do livro premiado "Knowledge in the Blood".
Foi eleito recentemente como membro da Academia Internacional de Educação.

Thandi Chaane
Thandi Chaane CEO MIET Africa
África do Sul

Professora durante 10 anos, sempre focada na transformação social, fundou um programa de alfabetização e introduziu bibliotecas nas escolas de todo o país.
Foi a primeira mulher Directora Geral Adjunta da Educação, onde se envolveu (1995-2000 ) na transformação das políticas de educação do apartheid nas da nova ordem política.

Reverend Harold Good
Reverend Harold Good Prémio Mundial da Paz Metodista
Reino Unido

Harold Good é um metodista irlandês que, na primeira década do século XXI, desempenhou um papel vital no processo de paz na Irlanda do Norte.
Foi diretor do Centro Comunitário de Reconciliação de Corrymeela e em 2001, foi nomeado presidente da Igreja Metodista na Irlanda.
Em 2005, foi uma das duas testemunhas independentes que supervisionaram o desmantelamento de armas, uma parte vital do processo de paz.
Em 2007 foi premiado com o World Methodist Peace Award.

John Carlin
John CarlinEscritor e jornalista / Autor de “Playing the enemy”/ Invictus
Reino Unido
John Carlin é um jornalista britânico e autor prolífico, que lida tanto com o desporto como com a política. Um homem de visão e um orador poderoso e inspirador.

O seu livro Playing the Enemy: Nelson Mandela and the Game that Made a Nation, sobre o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, é a base para o filme Invictus 2009.
Ruy M. Santos
Ruy M. SantosFundador da Plataforma MAKOBO
Moçambique

Tem desenvolvido em Moçambique inúmeros projetos ao nível da criação de emprego em zonas rurais e do artesanato formal e fundou a MAKOBO para resposta a necessidades de grupos desfavorecidos, em contexto de exclusão social.
Entre os vários projetos contam-se o apoio alimentar à alfabetização da população moçambicana, incluindo atualmente a iniciativa CORAÇÃO SOLIDÁRIO - INTERVENÇÃO COVID-19 para minimizar o impacto negativo da doença nas comunidades.

Funmi Olonisakin
Funmi OlonisakinDiretora fundadora do African Leadership Centre
Reino Unido
Funmi Olonisakin é Professora de Segurança, Liderança e Desenvolvimento no King's College London e Directora fundadora do African Leadership Centre (ALC), que tem como objectivo construir a próxima geração de estudiosos e analistas africanos gerando conhecimento de ponta para o conflito, segurança e desenvolvimento em África. O ALC está sedeado em Nairobi, Quénia e no King's College London.
Amr Moussa
Amr MoussaEx-Secretário-Geral da Liga Árabe 2001-2011 e Ministro dos Negócios Estrangeiros do Egipto 1991-2001
Egipto

Foi o Embaixador egípcio na Índia (1983-1986). Depois tornou-se Representante Permanente do Egipto junto da ONU (1990-1991), Ministro dos Negócios Estrangeiros do Egipto (1991-2001) e Secretário-Geral da Liga dos Estados Árabes (2001-2011). 

Pontes Mandela à volta do mundo

Diana Prata
Diana PrataInstituto de Biofísica e Engenharia Biomédica
Portugal
Diana Prata é Marie Curie Fellow e líder de grupo no Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica, Universidade de Lisboa (após 12 anos no King's College London, KCL, UK) onde criou o laboratório de investigação em Neurociência Biomédica.

DECLARAÇÃO UBUNTU

"Uma só família humana"

A Declaração Ubuntu "Uma só família humana" será apresentada e adotada no dia 18 de julho, Dia Mandela, durante a iniciativa "E-Congresso Mundial Pontes Mandela", sendo subscrita por todos os que com ela se identificam.

"EU SOU PORQUE TU ÉS!"

Pontes Mandela

1. Mobilizar a rede Ubuntu perto de ti.


2. Escolher a ponte a “batizar” e registar a informação em http://bridges.mandelabridges.org.


3. Informar as autoridades locais sobre o evento, convidando-as também a aderir e a estarem presentes no “batismo” da ponte, assim como outras instituições locais que considerem importantes e relevantes na construção de pontes. Disponibilizamos um template do convite, com a descrição do evento, para te ajudar.


4. Criar cartazes e/ou faixas com a frase “Ponte Mandela 18.07.2020”. Os cartazes devem ter uma dimensão que permita ser legível à distância. Podem fazê-lo ao som da banda sonora do Invictus para se inspirarem!!


5. Delegar responsabilidades para o dia 18.7.2020. Há muita coisa para fazer: quem coloca o cartaz? quem acolhe os convidados? quem irá fazer o discurso? quem faz a reportagem fotográfica? quem envia as fotos e o vídeo para a equipa do E-Summit? etc.

6. Antes do E-Summit (no período da manhã do dia 18), devem colocar os cartazes e/ou faixas na ponte escolhida em local visível, e sem causar qualquer dano à estrutura.


7. Gravar um vídeo (menos de 1 minuto) com toda a equipa Ubuntu na ponte. O porta-voz deve dizer o seu nome, nome da ponte onde estão (incluindo localidade e país) e o sua visão para construir pontes no mundo. Enviar logo o vídeo, e algumas fotos, para a equipa técnica do E-Summit (buildingbridges@mandelabridges.org, antes do E-Summit começar [2 pm GMT]).


8. Junto ao cartaz, e com os convidados já presentes, fazer um discurso de homenagem a Nelson Mandela e à sua capacidade de construir uma “nação arco-íris” e de ser uma ponte humana.


9. Dar a palavra aos convidados presentes para que também eles sejam testemunhos do legado de Mandela.


10. Fazer uma reportagem fotográfica (e vídeo se possível) de todo o evento partilhem nas vossas redes sociais com a #Mandelabridges.

Assegurar que se cumprem todas as precauções enquanto peões.


Não colocar a vida em perigo, nem correr riscos desnecessários.


A cerimónia não deve causar qualquer perturbação ao trânsito.


Não causar qualquer dano na estrutura da ponte.


Certificar-se que os cartazes não ficam a obstruir sinais de trânsito ou a prejudicar a visibilidade dos peões e/ou automobilistas.


Os cartazes devem ser retirados no final do dia, e o local deixado impecavelmente limpo.


Apesar de o evento se realizar ao ar livre, aconselhamos o uso de máscara em todos os momentos, assim como o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde pública.

Image

PATROCINADORES

ACM
FCG
CGD
OEI

PARCEIROS

IP
ngic
Club de Madrid
Gleencree

PROMOTORES

ipav
ugn
alu